A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Muros não são solução para imigração, diz Angela Merkel

A primeira-ministra alemã disse que levantar muros não é uma solução para a chegada de refugiados à Europa

Belgrado - A primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel, afirmou nesta quarta-feira em Belgrado que levantar muros não é uma solução para a chegada de refugiados à Europa, e apostou em ajudar, Hungria e Sérvia, alguns dos países pelos quais entram muito imigrantes ilegais, a enfrentarem o problema.

"Na União Europeia (UE) se debate (o problema da imigração). Não deixaremos ninguém sozinho", disse Merkel à imprensa em Belgrado depois de se reunir com o primeiro-ministro sérvio, Aleksandar Vucic.

"Não faz sentido construir muros", ressaltou a chanceler alemã, em referência ao anúncio da Hungria de construção de uma cerca de 175 quilômetros de comprimento e 4 metros de altura na fronteira com a Sérvia para conter a crescente onda migratória.

Merkel lembrou que nos últimos dois meses pessoas vindas da Síria e de outros países que têm como destino algum Estado da UE usam cada vez mais a rota dos Bálcãs ocidentais.

Centenas de pessoas têm chegado diariamente a Sérvia e a Hungria, países de passagem para outros mais ricos, como a Alemanha ou Áustria, em busca de asilo.

Merkel também falou sobre o difícil processo de diálogo entre Sérvia e Kosovo para a normalização das relações e indicou que Belgrado mostrou "uma grande disposição ao compromisso".

"Expressaremos essa disposição à Comissão Europeia e nossa postura será que isso deve ser valorizado", declarou Merkel.

Os avanços no diálogo, apoiado por Bruxelas, são uma importante condição imposta à Sérvia para que a UE abra os primeiros capítulos nas negociações de sua entrada na União Europeia, desejada para este ano.

A Sérvia não reconhece a independência de sua antiga província, Kosovo, povoada majoritariamente por albaneses étnicos, proclamada em 2008.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também