Mundo

Moulin Rouge recupera as pás de seu famoso moinho antes dos Jogos Olímpicos

Centenas de turistas e moradores locais festejaram o momento, uma semana antes da chegada da tocha olímpica à capital francesa

Moulin Rouge: emblemático cabaré, uma das atrações turísticas mais visitadas da capital francesa, celebrará 135 anos em outubro (Geoffroy Van Der Hasselt/Anadolu Agency/Getty Images)

Moulin Rouge: emblemático cabaré, uma das atrações turísticas mais visitadas da capital francesa, celebrará 135 anos em outubro (Geoffroy Van Der Hasselt/Anadolu Agency/Getty Images)

AFP
AFP

Agência de notícias

Publicado em 6 de julho de 2024 às 14h47.

O cabaré Moulin Rouge, um ícone de Paris, inaugurou na sexta-feira, 5,  as novas pás de seu famoso moinho, após as anteriores terem desabado em abril. Centenas de turistas e moradores locais festejaram o momento, uma semana antes da chegada da tocha olímpica à capital francesa.

"O moinho sem suas pás era um vazio para Paris, era simplesmente triste", declarou o diretor-geral Jean-Victor Clerico, à frente da empresa familiar que atrai 600.000 visitantes anualmente.

"A ideia era estar pronto para os Jogos Olímpicos [que começam em 26 de julho]. Fizemos tudo o que pudemos para recolocar essas pás", acrescentou.

Pás vermelhas foram adornadas com iluminações

As quatro pás vermelhas, feitas de uma mistura de alumínio e aço, foram adornadas com suas iluminações douradas e vermelhas sob aplausos estrondosos, proporcionando ao cenário noturno aos pés da Butte Montmartre o visual que tanto agrada aos turistas.

As lâminas, no entanto, ainda não começaram a girar, pois as operações mecânicas não puderam ser concluídas a tempo para 5 de julho.

Para celebrar a ocasião, dançarinos vestidos com roupas tradicionais interpretaram no boulevard o famoso cancan francês, a dança tradicional das operetas de Offenbach do início do século XIX.

"Eu moro no bairro e o Moulin Rouge faz parte da minha vida há 65 anos. Viemos ver o espetáculo, bebemos champanhe no chez Michou [outro cabaré vizinho, recentemente fechado por motivos econômicos e à procura de comprador]. Gosto de dançar, do cancan francês, das bolhas e do bom humor", declarou Nicole Doucin, de 86 anos.

Cabaré celebrará 135 em outubro

Autumn Mannsfeld, uma turista californiana de 25 anos, disse que soube da inauguração pelo TikTok. "Sempre sonhei em vir aqui, mas sabendo o quanto é caro, é ótimo poder testemunhar isso (...)", contou à AFP.

O emblemático cabaré, uma das atrações turísticas mais visitadas da capital francesa, celebrará 135 anos em outubro.

Suas pás desabaram na madrugada de 25 de abril e as causas do incidente ainda são desconhecidas. Também caíram as letras M, O e U de seu nome, localizadas na fachada.

"O Moulin Rouge se sentiu profundamente tocado por todas as mensagens de apoio e gentileza recebidas do mundo inteiro após o incidente ocorrido naquela noite", escreveu a direção do cabaré em um comunicado.

Atração recebe 600 mil espectadores por ano

O Moulin Rouge abriu suas portas em 1889 e foi inicialmente um ponto de encontro de artistas e boêmios. O artista Henri de Toulouse-Lautrec imortalizou sua fachada e suas dançarinas.

A atração recebe 600.000 espectadores por ano, com duas performances todas as noites, 365 dias por ano, e emprega cerca de 450 trabalhadores.

O filme musical "Moulin Rouge", de Baz Luhrmann, em 2001, estrelado por Nicole Kidman e Ewan McGregor, reforçou o interesse internacional.

Acompanhe tudo sobre:Paris (França)

Mais de Mundo

Singapura é a cidade mais segura para turistas; veja o ranking

A menos de uma semana das eleições, crise econômica da Venezuela é vista no interior do país

Israel, Ucrânia e Palestina vão participar das Olimpíadas de Paris?

Trump já doou para a campanha de Kamala Harris quando ela era procuradora-geral da Califórnia

Mais na Exame