México começará vacinação em massa contra covid-19 na segunda-feira

Apesar de ter sido o primeiro país da América Latina a começar a vacinação, o México é um dos países que administrou menos doses por habitante

O governo do México dará início na segunda-feira à grande etapa de sua campanha de vacinação contra covid-19 com a imunização de idosos das comunidades mais remotas do país, informou domingo o presidente Andrés Manuel López Obrador.

Na primeira fase da imunização, que começou na véspera do Natal, estava prevista a vacinação de cerca de 750.000 membros do corpo médico que estão na linha de frente da batalha contra a pandemia do coronavírus.

No entanto, entre outros problemas, a demora no recebimento do imunizante da Pfizer impediu o governo de cumprir seus planos e, apesar de ser o primeiro país da América Latina a iniciar a imunização, o México é um dos que menos doses por habitante já administrou no mundo.

Mas a Pfizer vai retomar os embarques de vacinas covid-19 para o México na terça-feira, disse o chanceler Marcelo Ebrard, quase um mês depois que a empresa suspendeu os embarques globais do produto.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.