Mundo

"Meirelles pode receber aplauso do novo governo", diz Temer

Vice-presidente eleito não descartou que presidente do BC assuma um cargo na Anac

Dilma deve decidir se Henrique Meirelles participará do novo governo, disse Temer  (Antonio Cruz/AGÊNCIA BRASIL)

Dilma deve decidir se Henrique Meirelles participará do novo governo, disse Temer (Antonio Cruz/AGÊNCIA BRASIL)

DR

Da Redação

Publicado em 29 de novembro de 2010 às 11h40.

São Paulo - O vice-presidente eleito e presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB), disse nesta segunda-feira que o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, pode ser "aproveitado" na composição do próximo governo, mas que isso depende da "conjunção política".

"O Henrique Meirelles mereceu todos os aplausos que ele recebeu aqui e decerto e seguramente poderá merecer o aplauso do novo governo", disse Temer a jornalistas.

Também presidente do PMDB, Temer foi questionado sobre a possibilidade de o atual presidente do Banco Central, que ingressou no PMDB no ano passado, assumir algum cargo na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

"As negociações estão em curso. Ele poderá vir a ser aproveitado, mas vai depender muito da presidente (eleita) Dilma Rousseff, da conjunção política que se estabelecerá."

Temer elogiou a atuação de Meirelles à frente do BC nos últimos oito anos e disse que seu desempenho o credencia para ocupar outras funções no governo.

"Ele é um nome que pode ocupar qualquer posição no país. Tem uma experiência extraordinária, e onde quer que ele esteja fará seu papel bem", acrescentou Temer.

Participando de evento sobre construção da Federação de Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Temer defendeu ainda a desoneração de setores da economia.

"O que eu tenho é a intenção, o objetivo, de prestigiar toda a iniciativa privada, em particular o setor da construção, face ao Minha Casa Minha Vida, que é um dos grandes projetos do governo Lula e um dos grandes projetos do governo Dilma."

Acompanhe tudo sobre:AnacAviaçãoAviõesExecutivos brasileirosGovernoHenrique MeirellesMDB – Movimento Democrático BrasileiroPartidos políticosPersonalidadesPolítica

Mais de Mundo

Milei se reunirá com Macron em viagem à França para abertura dos Jogos Olímpicos

'Tome chá de camomila', diz Maduro após Lula se preocupar com eleições na Venezuela

Maduro deve aceitar resultado das eleições se perder, diz ex-presidente argentino

Macron só vai nomear primeiro-ministro após Jogos Olímpicos

Mais na Exame