Manifestantes queimam pneus em Buenos Aires

Protesto lembra a revolta popular de 2001 que derrubou o presidente Fernando de la Rúa

Buenos Aires - Manifestantes de esquerda queimaram pneus em diversas avenidas do centro de Buenos Aires nesta segunda-feira, em um protesto para lembrar a revolta popular de 2001 que derrubou o presidente Fernando de la Rúa.

Milhares de pessoas partiram da Praça de Maio, diante da Casa Rosada, exibindo cartazes contra a repressão policial e exigindo a renúncia do prefeito da capital, Mauricio Macri.

Os militantes lembraram da onda de saques e manifestações que há nove anos deixaram 30 mortos, dezenas de feridos e levaram à renúncia do conservador Fernando de la Rúa.

A queda de De la Rúa, em meio a pior crise econômica da história da Argentina, abriu caminho à chegada ao poder do peronista Néstor Kirchner.

Os protestos violentos desta segunda-feira não foram reprimidos pela polícia, que tem ordem expressa da presidente Cristina Kirchner, sucessora e viúva de Néstor, para não usar armas de fogo ou bombas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também