Maior refinaria do Iraque é fechada; estrangeiros se retiram

Empregados locais permanecem em seus postos e militares ainda controlam a instalação, após funcionários estrangeiros saírem do local

Tikrit – A maior refinaria de petróleo do Iraque, em Baiji, foi fechada e seus funcionários estrangeiros foram retirados do local, disseram autoridades da refinaria nesta terça-feira, acrescentando que os empregados locais permanecem em seus postos e que os militares ainda controlam a instalação.

Militantes de um grupo dissidente da rede Al Qaeda que invadiram na semana passada a cidade de Mosul, a segunda maior do país, avançaram em direção à refinaria e a cercaram.

A refinaria foi fechada à noite, disseram fontes.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.