Mundo

Lula recebe cúpula do Mercosul em meio a incertezas sobre acordo com União Europeia

O presidente receberá os países-membros no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, após expectativas de acordo com a União Europeia se frustrarem na véspera

Lula recebe cúpula do Mercosul em meio incertezas sobre acordo com União Europeia (Ricardo Stuckert / PR/Flickr)

Lula recebe cúpula do Mercosul em meio incertezas sobre acordo com União Europeia (Ricardo Stuckert / PR/Flickr)

Publicado em 7 de dezembro de 2023 às 06h06.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai receber os países-membros do Mercosul nesta quinta-feira, 7.  O encontro será no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, e encerra a participação do Brasil como presidente temporário do bloco, dando início à presidência do Paraguai.

Na véspera, foi realizada a Reunião Ordinária do Conselho do Mercado Comum (CMC), com a presença dos chefes da equipe econômica de cada país-membro. Foi quando a expectativa de que o bloco poderia anunciar algum avanço no acordo com a União Europeia de fato se frustrou. O presidente da França, Emmanuel Macron, já havia se posicionado contra o acordo entre Mercosul e União Europeia, além de a eleição na Argentina ter piorado ainda mais o cenário.

A Cúpula do Rio de Janeiro marca, ainda, a aprovação da entrada da Bolívia no bloco e é a primeira reunião a acontecer de forma presencial desde 2016.

Nesta quinta, está prevista a assinatura de Comunicados Conjuntos e da Declaração Especial de Presidentes sobre Democracia e Integridade da Informação em Ambientes Digitais. No CMC, foram assinados Memorandos de Entendimento com a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) e a Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), com foco em temas de cooperação.

As negociações do Mercosul na Cúpula

A Cúpula será também a ocasião para retomar a agenda de negociações extrarregionais, com a previsão de assinatura do acordo de livre comércio entre o Mercosul e Singapura. No âmbito regional, os acordos comerciais com o bloco com Chile, Colômbia e Peru foi aperfeiçoado, e o diálogo com o Equador avançou para a negociação de um novo acordo.

Os números do Mercosul

O Mercosul representa o equivalente à 8ª maior economia mundial, com PIB de US$ 2,86 trilhões. Em 2022, o Brasil exportou US$ 21,7 bilhões para o bloco e importou US$ 18,5 bilhões, com superávit de US$ 3,2 bilhões.

Cerca de 90% das exportações foram compostas por produtos manufaturados. As trocas dentro do bloco cresceram mais de dez vezes desde sua criação, evoluindo de US$ 4,5 bilhões, em 1991, para US$ 46 bilhões em 2022.

Além disso, o bloco é o principal receptor de investimentos estrangeiros na América do Sul, tendo recebido, em 2022, 64% do total destinado à região.

Fazem parte do Mercosul Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e, agora, Bolívia.

Acompanhe tudo sobre:MercosulLuiz Inácio Lula da SilvaUnião Europeia

Mais de Mundo

Trump diz que vai anunciar nesta segunda seu vice-presidente; saiba quais nomes estão cotados

Brasileiro é encontrado morto dentro de vagão de trem no Peru; entenda

Juíza rejeita processo criminal contra Trump no caso de documentos secretos retirados da Casa Branca

Motivação sobre ataque contra Trump permanece sem resposta

Mais na Exame