Mundo

Líder das Farc desiste de candidatura presidencial

Com problemas de saúde, membros do partido afirmam que a candidatura de Londoño está em declínio

Rodrigo Londoño passou por uma cirurgia no coração (Jaime Saldarriaga/Reuters)

Rodrigo Londoño passou por uma cirurgia no coração (Jaime Saldarriaga/Reuters)

E

EFE

Publicado em 8 de março de 2018 às 11h08.

Bogotá - O candidato à presidência da Colômbia pelo partido das Farc, Rodrigo Londoño, conhecido como "Timochenko" na sua época de guerrilheiro, desistiu da disputa devido aos seus problemas de saúde.

O segundo em comando do partido da antiga guerrilha, Iván Márquez, se referiu hoje à cirurgia de coração à qual Londoño foi submetido nesta quarta-feira em Bogotá e disse que essas circunstâncias e a suposta falta de garantias políticas os levam "a declinar" da candidatura presidencial.

 

Acompanhe tudo sobre:BogotáColômbiaEleiçõesFarc

Mais de Mundo

Esquerda francesa enfrenta impasse para nomear primeiro-ministro; entenda

Brasil observa eleição na Venezuela com ‘preocupação e confiança’, diz Amorim

Eleições EUA: Doadores democratas reterão US$ 90 milhões enquanto Biden permanecer na disputa

Com ocupação de 99%, Reino Unido liberará milhares de detidos para abrir espaço nas prisões

Mais na Exame