Lavrov descarta negociações sem representantes da Ucrânia

O chanceler russo descartou qualquer negociação de paz para o leste da Ucrânia que não tenha representantes da região

Moscou - O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, descartou nesta quarta-feira qualquer negociação de paz para o leste da Ucrânia que não conte com representantes das autoproclamadas repúblicas populares de Donetsk e Lugansk.

"As tentativas de questionar a vigência dos documentos de Minsk são feitas por aqueles que querem retroceder este processo a um formato no qual Donetsk e Lugansk não estão representados", disse Lavrov em um discurso na Duma (Câmara dos Deputados da Rússia).

O chefe da diplomacia russa respondeu à proposta formulada ontem pelo primeiro-ministro ucraniano, Arseni Yatseniuk, de buscar alternativas ao Grupo de Minsk (Ucrânia, separatistas, Rússia e a Organização sobre a Segurança e a Cooperação na Europa) e voltar ao formato negociador de Genebra (Ucrânia, Rússia, Estados Unidos e União Europeia).

"O formato de Genebra é uma etapa passada", afirmou Lavrov. O chanceler acrescentou que Kiev procura excluir das negociações as duas regiões separatistas e tenta pressionar o Ocidente para que a "Rússia participe na qualidade de parte do conflito".

"Esta é uma política provocadora e contraproducente que não tem nenhuma possibilidade de êxito", criticou o ministro russo.

Segundo Lavrov, a Ucrânia necessita de um "diálogo com aqueles que se sublevaram contra o golpe de Estado anticonstitucional e não quiseram viver segundo as regras ditadas pelos organizadores e executores desse golpe".

Moscou insiste que a revolta popular que derrubou em fevereiro o presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, foi um golpe de Estado, e que a insurreição armada nas regiões ucranianas de Donetsk e Lugansk se tratou de uma resposta à ruptura da ordem constitucional no país. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também