Mundo

Kerry e Lavrov concordam sobre cessar-fogo na Síria

Washington expressou frustração sobre a estratégia dupla de Moscou de atacar o EI enquanto também perseguia a oposição "moderada" ao regime de Assad


	John Kerry e Serguei Lavrov: Rússia e EUA têm se bloqueado mutuamente na Síria
 (Philippe Desmazes/AFP)

John Kerry e Serguei Lavrov: Rússia e EUA têm se bloqueado mutuamente na Síria (Philippe Desmazes/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 10 de fevereiro de 2016 às 19h17.

Moscou - O secretário de Estado dos Estado Unidos, John Kerry, e o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, concordaram - por telefone - sobre a necessidade de um cessar-fogo imediato na Síria, disse o governo russo em um comunicado nesta quarta-feira.

"Eles expressaram uma opinião comum sobre a necessidade de se alcançar um cessar-fogo imediatamente e assegurar acesso humanitário para todos os assentamentos que foram bloqueados", disse o Ministério das Relações Exteriores.

Rússia e EUA têm se bloqueado mutuamente na Síria desde o início do conflito em que Moscou ficou do lado do presidente Bashar al-Assad e Washington apoiou vários grupos de rebeldes opositores.

O Departamento de Estado do EUA tem colocado parte da culpa da suspensão das negociações de paz na Síria - na semana passada - nos ataques aéreos russos contra os inimigos de Assad.

Washington expressou frustração sobre a estratégia dupla de Moscou de atacar o Estado Islâmico enquanto também perseguia a oposição "moderada" ao regime de Assad. Moscou rejeitou as acusações. Fonte: Dow Jones Newswires.

Acompanhe tudo sobre:ÁsiaEstados Unidos (EUA)EuropaJohn KerryPaíses ricosPolíticosRússiaSíria

Mais de Mundo

Autoridades da Venezuela prendem chefe de segurança de líder opositora

J.D. Vance, candidato a vice de Trump, discursa na Convenção Republicana nesta quarta

Biden destaca Kamala Harris como potencial presidente dos EUA

Boris Johnson comparece a Milwaukee para expressar apoio a Trump: "Está em ótima forma"

Mais na Exame