Jovem é preso após confessar ter divulgado vídeo matando criança

Caso ocorreu na Alemanha e prisão colocou fim a uma busca frenética realizada pelos policiais em busca do responsável

A polícia alemã anunciou nesta quinta-feira a prisão de um jovem de 19 anos suspeito de esfaquear uma criança de 9 anos e divulgar o vídeo na internet, e informou que descobriu outro corpo.

A polícia lançou uma caça frenética na terça-feira, depois que usuários do chamado "darknet", a parte da internet que não aparece nos motores de busca clássicos, alertaram para um vídeo no qual o jovem afirmava ter cometido este crime em sua casa.

O corpo da criança apareceu no porão da casa do suspeito, em Herne (oeste).

O suspeito, identificado como Marcel Hesse, foi preso na quinta-feira depois de entrar em um restaurante e gritar: "Chamem a polícia, estão à minha procura", informou o jornal Bild.

O suspeito foi descrito como um desempregado, sem habilidades sociais, desconhecido nos registros da polícia.

O menino era vizinho de Hesse e na segunda-feira os investigadores advertiram que não podiam descartar que ele também tivesse matado uma mulher.

Após a prisão na noite de quinta-feira, os investigadores seguiram a pista até um apartamento que Hesse havia incendiado, onde encontraram o segundo corpo.

Em uma conversa na internet, o jovem havia afirmado que teve que "brigar com um monstro de 120 km", que "mostrou mais resistência que o menino".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.