Mundo

Japão vai amenizar restrições para ingresso de estrangeiros no país

A medida é válida para permanência de curto prazo de até três meses para fins de negócios e trabalho, bem como temporadas de longo prazo para estudantes e estagiários técnicos estrangeiros, entre outros

Pedestres usando máscaras protetoras, em meio ao surto do coronavírus. (Kim Kyung-Hoon/Reuters)

Pedestres usando máscaras protetoras, em meio ao surto do coronavírus. (Kim Kyung-Hoon/Reuters)

AB

Agência Brasil

Publicado em 7 de novembro de 2021 às 19h42.

O Japão vai amenizar parcialmente as restrições de viagem devido ao novo coronavírus para a entrada de estrangeiros no país a partir de segunda-feira (8). Novos ingressos serão permitidos pela primeira vez em dez meses, exceto para fins de turismo.

A medida é válida para permanência de curto prazo de até três meses para fins de negócios e trabalho, bem como temporadas de longo prazo para estudantes e estagiários técnicos estrangeiros, entre outros.

Empresas e instituições, como escolas, responsáveis por estrangeiros no Japão, precisam passar antecipadamente por uma avaliação via governo ou agência relevante de modo a garantir os ingressos.

As instituições de destino também são responsáveis para supervisionar os estrangeiros, inclusive providenciando acomodações onde eles possam permanecer em auto isolamento por até 14 dias.

O governo japonês vai continuar limitando o número máximo de desembarques internacionais em 3.500 por dia, incluindo japoneses. Autoridades afirmam que pode haver uma demora para conseguir ingressar no país devido a este limite.

Acompanhe tudo sobre:JapãoPandemiaTurismo

Mais de Mundo

Republicanos exigem renúncia de Biden, e democratas celebram legado

Apesar de Kamala ter melhor desempenho que Biden, pesquisas mostram vantagem de Trump após ataque

A estratégia dos republicanos para lidar com a saída de Biden

Se eleita, Kamala será primeira mulher a presidir os EUA

Mais na Exame