Itália registra 29.003 novos casos de coronavírus e 822 mortes em 24 horas

Foram realizados 232.711 testes nas últimas 24 horas, em comparação com 230.007 realizados um dia antes

A Itália registrou 822 mortes relacionadas à covid-19 na quinta-feira, ante 722 no dia anterior, e 29.003 novas infecções, ante 25.853 na quarta-feira, informou o Ministério da Saúde.

Foram realizados 232.711 testes nas últimas 24 horas, em comparação com 230.007 realizados um dia antes.

A Itália foi o primeiro país ocidental a ser atingido pelo vírus e registrou 52.850 mortes desde que seu surto surgiu em fevereiro, o segundo maior número de mortos na Europa, atrás apenas do Reino Unido. Já registrou 1,510 milhão de casos.

Embora o número diário de mortes na Itália esteja entre os mais altos da Europa nos últimos dias, o aumento nas internações hospitalares e na ocupação de UTIs diminuiu, sugerindo que a última onda de infecções pode estar diminuindo.

O número de pessoas hospitalizadas com Covid-19 foi de 34.038 na quinta-feira, uma queda de 275 em relação ao dia anterior.

O número de pessoas nas UTIs diminuiu em 2, após um aumento de 32 na quarta-feira, e agora está em 3.846.

Quando a segunda onda da epidemia na Itália estava se acelerando rapidamente na primeira quinzena de novembro, as internações hospitalares estavam aumentando em cerca de 1.000 por dia, enquanto a ocupação das UTIs estava crescendo em cerca de 100 por dia.

A região norte da Lombardia, onde fica a capital financeira da Itália, Milão, continuou sendo a área mais atingida na quinta-feira, registrando 5.697 novos casos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.