Iraque: mísseis atingem base militar norte-americana

Pelo menos quatro soldados iraquianos ficaram feridos durante o ataque

Vários mísseis atingiram neste domingo a Base Aérea Militar da cidade de Balad, no Iraque, que abriga forças norte-americanas. Pelo menos quatro soldados iraquianos ficaram feridos durante o ataque.

A Célula de Comunicação de Segurança confirmou em comunicado a queda de oito projéteis do tipo Katyusha nesta base ao norte de Bagdá e que já foi atacada várias vezes nos últimos dias, causando ferimentos a quatro tropas iraquianas, incluindo dois oficiais.

Uma fonte do Comando de Operações de Saladino, que pediu anonimato, disse que os feridos foram levados para um hospital e confirmou que as vítimas eram cidadãos iraquianos.

A base está situada a cerca de 80 quilômetros ao norte de Bagdá, e os mísseis teriam caído na pista, de acordo com fontes militares. Ela é uma das maiores bases aéreas do país árabe e possui um arsenal de caças F16 que o Iraque adquiriu dos Estados Unidos, além de receber tropas americanas.

Segundo o Exército iraquiano, quase todas as tropas norte-americanas já deixaram a base, localizada em Balad, na sequência da escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã.

O ataque acontece depois de, na madrugada da última quarta-feira (8), mais de uma dúzia de mísseis iranianos terem sido lançados contra duas bases aéreas que também abrigavam tropas norte-americanas em Ain al-Assad e Arbil, no Iraque.

Essa ação foi assumida pelos Guardas da Revolução iranianos como uma “operação de vingança” pela morte do general Qassem Soleimani, comandante da força de elite Al-Quds. Ele morreu dias antes, num ataque aéreo em Bagdá, ordenado pelo presidente dos EUA, Donald Trump.

 

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.