Informações vazadas por Trump teriam sido de Israel, diz fonte

Uma fonte do governo alegou que Trump forneceu informações secretas ao ministro russo durante seu encontro sobre um possível ataque terrorista do EI

São Paulo - As informações secretas que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, teria divulgado ao ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, em encontro na Casa Branca na semana passada, teriam sido fornecidas por Israel, informou o New York Times, que teve contato com uma autoridade dos EUA e um ex-funcionário da Casa Branca.

A informação pode causar mais uma complicação diplomática para o episódio.

Uma fonte do governo norte-americano alegou que Trump forneceu informações secretas ao ministro russo durante seu encontro sobre um possível ataque terrorista do Estado Islâmico.

As autoridades israelenses não confirmaram que seriam a fonte de informação sobre o possível ataque terrorista.

Em comunicado enviado ao New York Times, o embaixador de Israel nos EUA, Ron Derner, reafirmou que os dois países trocam informações de contraterrorismo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.