Indonésia busca por 94 desaparecidos após naufrágio na ilha de Sumatra

Um navio que naufragou ontem (18) no lago Toba, na ilha de Sumatra, e dos 94 passageiros apenas 18 foram resgatados com vida
Segundo a lista de sobreviventes e desaparecidos elaborada por familiares, pelo menos 113 pessoas estavam a bordo da embarcação (Beawiharta/Reuters)
Segundo a lista de sobreviventes e desaparecidos elaborada por familiares, pelo menos 113 pessoas estavam a bordo da embarcação (Beawiharta/Reuters)
Por EFEPublicado em 19/06/2018 10:03 | Última atualização em 19/06/2018 10:03Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Jacarta - As autoridades da Indonésia buscam nesta terça-feira pelo menos 94 passageiros de um navio que naufragou ontem, no lago Toba, na ilha de Sumatra, após terem resgatado 18 pessoas com vida e recuperar um corpo, informaram fontes oficiais.

O chefe da Agência Regional de Gestão de Desastres (BPBD) da Sumatra do Norte, Riadil Lubis, declarou à Agência Efe que o acidente ocorreu ontem à tarde durante a rota que liga a cidade de Tigaras com a ilha de Samosir.

"Devido ao mau tempo e às altas ondas, o navio perdeu o controle. Suspeitamos que tenha sido causado pelo rompimento do leme do navio", disse.

A polícia indicou em comunicado que pelo menos 113 pessoas estava a bordo da embarcação e não 80, como se pensava inicialmente, segundo a lista de sobreviventes e desaparecidos elaborada por familiares.

As operações de resgate foram interrompidas duas horas depois do naufrágio devido ao mau tempo e retomadas hoje, sem que as autoridades tenham conseguido determinar o número exato de passageiros que continuam desaparecidos, já que é comum essas embarcações transportarem mais passageiros do que o permitido.

Cerca de 350 membros da polícia, exército e equipes de resgate procuram as vítimas entre a forte correnteza, vento e chuva, reportou o portal de notícias local "Tribun News".

Na semana passada, pelo menos 16 pessoas morreram após outro naufrágio perto da costa sul da ilha de Celebes, na região central do arquipélago.

Dezenas de pessoas perdem a vida todos os anos na Indonésia em acidentes marítimos causados pelo mau tempo, infraestruturas precárias ou sobrecarga de passageiros e mercadorias.