Mundo

Incêndios florestais atingem Bogotá e outras regiões da Colômbia

Fogo consome desde a manhã de segunda-feira um setor dos Cerros Orientales, a imponente cadeia montanhosa que limita a cidade a leste

Incêndio florestal em Bogotá (AFP Photo)

Incêndio florestal em Bogotá (AFP Photo)

AFP
AFP

Agência de notícias

Publicado em 23 de janeiro de 2024 às 17h55.

Quatro incêndios florestais ativos atingiam nesta terça-feira, 23, várias regiões da Colômbia, incluindo Bogotá, em meio a uma onda de novos focos causada pelas altas temperaturas resultantes do fenômeno El Niño, informaram autoridades.

"Seis incêndios foram reportados em nível nacional, dos quais três estão ativos", um deles em Bogotá, e dois, no departamento de Vichada, fronteira com a Venezuela, alertou a Unidade Nacional para a Gestão do Risco de Desastres (UNGRD).

A ministra do Meio Ambiente, Susana Muhamad, confirmou na rede social X um quarto incêndio ativo, no Páramo de Santurbán, departamento de Santander (leste).

Na capital, o fogo consome desde a manhã de ontem um setor dos Cerros Orientales, a imponente cadeia montanhosa que limita a cidade a leste. Uma coluna de fumaça é visível de várias partes da cidade, que tem cerca de 8 milhões de habitantes.

"Durante a noite, houve um aumento na área afetada devido aos ventos, que é preliminarmente calculada em (...) 2,5 hectares", informou nesta terça-feira o prefeito Carlos Fernando Galán do posto de atendimento à emergência.

Mais de 270 bombeiros, militares e socorristas trabalham nas operações de contenção, apoiados por dois helicópteros equipados com sistemas de descarga de água e drones térmicos, segundo a prefeitura.

"Neste momento, o incêndio está contido, mas obviamente não está totalmente controlado", acrescentou Galán. Outros dois incêndios declarados em Bogotá na véspera foram controlados nas últimas horas, de acordo com autoridades.

O Ministério Público do país anunciou que irá abrir uma investigação para determinar se a origem das emergências na capital é criminosa.

No departamento de Vichada, a UNGRD acrescentou que "há dois incêndios que afetam o Parque Nacional Natural El Tuparro", próximo ao município de Cumaribo, e que a Força Aeroespacial colombiana luta para controlar.

De acordo com um balanço oficial, entre os incêndios recentemente extintos um está em Cali, no Valle Del Cauca (sudoeste). Suas causas estão sendo investigadas.

Também no departamento de Santander (leste), onde as chamas consumiram mais de 300 hectares esta semana, foram extintos dois focos nos municípios de Piedecuesta e Floridablanca.

Segundo dados oficiais, entre 3 de novembro e 20 de janeiro ocorreram 237 incêndios no país, mais de 50 deles em 2024, que consumiram 3.523 hectares de vegetação. A autoridade climática Ideam tem sob alerta de incêndio 883 dos 1.101 municípios colombianos, mais da metade deles (582) em alerta vermelho.

Acompanhe tudo sobre:ColômbiaBogotá

Mais de Mundo

'A defesa da democracia é mais importante do que qualquer título', diz Biden em discurso

Governo Lula se diz irritado com falas de Maduro, mas evita responder declarações

Netanyahu discursa no Congresso americano sob protestos de rua e boicote de dezenas de democratas

Em discurso a irmandade negra, Kamala pede ajuda para registrar eleitores e mobilizar base a votar

Mais na Exame