Hollande critica ação da comunidade internacional na Síria

Segundo François Hollande, a França estava disposta a intervir há mais de dois anos na Síria, mas não o fez por falta de apoio de outros países

O presidente francês François Hollande criticou nesta quarta-feira que a comunidade internacional não tenha agido a tempo na Síria para evitar que o extremismo islâmico continue ganhando terreno.

"Continuo lamentando que a comunidade internacional não tenha atuado a tempo para fazer cessar as matanças na Síria e impedir que os extremistas continuem ganhando terreno", afirmou Hollande em um discurso dirigido às Forças Armadas pronunciado a bordo do porta-aviões "Charles De Gaulle", uma semana depois dos atentados jihadistas que deixaram 17 mortos em Paris.

Segundo Hollande, a França estava disposta a intervir há mais de dois anos na Síria, mas não o fez por falta de apoio de outros países.

Em seu discurso, Hollande anunciou que a França fará menos cortes do que o previsto para o próximo ano em seus efetivos militares.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.