Guarda Revolucionária do Irã diz que “há preparação para destruir Israel”

O Conselho Nacional de Segurança do Irã também afirmou que vai se vingar dos Estados Unidos "na hora certa e no lugar certo"

São Paulo — Em resposta ao ataque que matou o general Qassem Soleimani e o líder paramilitar iraquiano Abu Mehdi al-Muhandis, ordenado pelo presidente norte-americano Donald Trump, o porta-voz da Guarda Revolucionária iraniana, da qual Soleimani fazia parte, afirmou, segundo o canal de TV iraniano Iran International, que “há preparação para destruir Israel”.

Aliado mais próximo dos EUA no Oriente Médio e principal inimigo regional do Irã, Israel colocou o exército em alerta no início desta manhã, temendo retaliação.

Já o Irã, em comunicado oficial, afirmou que “o regime dos Estados Unidos será responsável pelas consequências dessa aventura criminosa” e que o país norte-americano “cometeu seu maior erro estratégico no Oriente Médio e não ficará livre das consequências desse erro.”

O Conselho Nacional de Segurança do Irã também afirmou que vai se vingar dos Estados Unidos “na hora certa e no lugar certo”.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.