A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Grupo paquistanês comemora criação de filial da Al-Qaeda

Segundo porta-voz, os direitos dos muçulmanos na região só podem ser defendidos aplicando a lei islâmica (sharia) e estabelecendo um califado

Islamabad - Um grupo talibã do Paquistão comemorou nesta sexta-feira o anúncio da criação de um novo ramo da Al-Qaeda no sudeste asiático.

"Festejamos este anúncio (...) Acreditamos que esta filial irá trabalhar duro para conseguir os direitos dos muçulmanos", declarou Ehsanullah Ehsan, porta-voz de um novo grupo talibã paquistanês, chamado Jamaat-ul-Ahrar TTP.

Segundo Ehsan, os direitos dos muçulmanos na região só podem ser defendidos aplicando a lei islâmica (sharia) e estabelecendo um califado.

O líder do movimento islâmico radical, Ayman al Zawahiri, anunciou em um vídeo a criação de uma filial da Al-Qaeda no sul da Ásia e afirmou que agirá em Mianmar, Bangladesh e Índia.

Asim Umar, o chefe da nova filial, é um ativista paquistanês que fez várias chamadas à guerra santa em vídeos publicados na internet.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também