Greve contra reformas paralisa transporte público em Atenas

Capital grega deve ficar sem os serviços até a manhã de sexta-feira (14/01)

Atenas - O transporte urbano está paralisado em Atenas por uma greve de 24 horas convocada contra as recentes reformas para reduzir o endividamento do setor.

Desta forma, a capital grega ficará sem transporte público até a manhã de sexta-feira, enquanto os empregados do setor anunciaram que retomarão seus protestos nos próximos dias.

O Conselho de Ministros aprovou na quarta-feira uma lei que funde as cinco empresas municipais de transporte em apenas duas para reduzir as perdas, e prevê a recolocação de 1.500 trabalhadores em outros postos dentro das companhias e diversos cortes de salários.

Em alguns casos, o salário anual e os pagamentos adicionais dos motoristas do transporte público alcançam os 86 mil euros anuais e o custo para pagar os salários no setor representa 78% das despesas da empresa, sendo que a média na União Europeia é de 65%, informou o ministro de Transporte grego, Dimitris Repas.

Outra das medidas implementadas será a supressão de itinerários e o aumento médio de 40% no valor das passagens a partir de 1 de fevereiro.

O serviço ferroviário de Atenas em direção ao interior do país e o serviço de trens rumo ao aeroporto internacional da capital grega funcionam com normalidade.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.