Grande explosão atinge prédio em Madri e deixa ao menos 3 mortos

Explosão atingiu os quatro andares superiores do edifício na região central de Madri nesta quarta-feira (20). Autoridades falam em explosão de gás

Uma forte explosão abalou um prédio no centro de Madri, na Espanha, por volta das três da tarde (local, 11h de Brasília), segundo o site El País. A explosão atingiu os quatro andares superiores do edifício. O balanço de vítimas confirmou a morte de três pessoas e que outras sete ficaram feridas, uma delas em estado grave.

A emissora estatal TVE diz que uma residência de idosos próxima ao local foi evacuada. Foi confirmado que nenhum idoso se feriu. Imagens mostram uma equipe do serviço de emergências atendendo algumas vítimas na calçada. Um porta-voz do governo de Madri confirmou que um dos mortos não era morador do prédio e passava pela rua no momento da explosão.

Parte da parede do prédio caiu sobre o pátio de uma escola que fica ao lado. A escola informou que não havia ninguém no pátio no momento e que “Todo mundo está bem”. 

“Permitam-me fazer uma avaliação preliminar, com todos os cuidados. Parece que houve uma explosão de gás no edifício residencial da Paróquia de La Paloma. Pelo menos duas mortes ocorreram ", afirmou o prefeito de Madri, José Luis Martínez Almeida, no local do acidente.

O prefeito também informou que o prédio está pegando fogo por dentro e que há receio de uma nova explosão. "Não se considera prudente intervir agora. Se o fogo for apagado, pode ocorrer uma retenção de gás que pode afetar gravemente a estabilidade do prédio".

Fontes policiais indicam que a explosão ocorreu quando trabalhadores faziam a verificação da instalação de gás do prédio, um centro paroquial da Igreja da Virgen de la Paloma. O prédio possui escritórios, um centro de acolhimento da Caritas, salas de reuniões, um salão e três casas para sacerdotes.

Segundo a Arquidiocese de Madrid em comunicado à imprensa, a caldeira a gás do edifício que explodiu estava com mal funcionamento há dias, mas devido à nevasca que atingiu a cidade o conserto foi atrasado.

Nove equipes de bombeiros e 11 unidades de pronto atendimento estiveram no local.

Equipes ainda tentam controlar o incêndio. O delegado de desenvolvimento urbano de Madrid, Mariano Fuentes, disse que a demolição controlada dos andares superiores do prédio terá início nesta quinta-feira, pela manhã. Ele detalhou que guindastes chegarão às 8h para iniciar a demolição do que resta do prédio. 

A Rua de Toledo fica próximo ao monumento Arco de Toledo, ponto turístico da capital espanhola. Além de prédios residenciais, a área tem diversos bares e restaurantes.

Leire Reparaz, que mora perto de Puerto de Toledo, disse à Associated Press que ouviu uma forte explosão.

“Não sabíamos de onde vinha o som. Todos nós pensamos que era da escola. Subimos as escadas até o topo do nosso prédio e pudemos ver a estrutura do prédio e muita fumaça cinza ”, disse o morador de Madrid de 24 anos.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.