França limitará circulação de pessoas a partir desta terça por coronavírus

Para frear a propagação do coronavírus, franceses só poderão sair às ruas por motivos de extrema necessidade

A partir da próxima terça-feira (17), ao meio-dia no horário local, a França exigirá confinamento total de todos os seus cidadãos, anunciou nesta segunda (16) o presidente Emmanuel Macron

Eles só poderão sair às ruas por motivos de extrema necessidade, como forma de frear a propagação do novo coronavírus.

“A partir de amanhã, ao meio-dia, e ao menos pelos próximos 15 dias, a circulação das pessoas deverá ser reduzida fortemente”, ressaltou o presidente francês, em um pronunciamento direcionado ao país transmitido pela televisão.

“Toda infração será multada”, alertou.

A França já registra 127 mortes e 5397 casos confirmados de coronavírus. No último sábado (14), o governo anunciou o fechamento de todos os restaurantes, cafés, cinemas e lojas de varejo não essenciais para tentar frear a expansão da doença no país.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.