França inicia desmantelamento de campo de refugiados

O governo instruiu autoridades a começar a evacuação da parte sul do campo na sexta-feira

Paris - Autoridades francesas iniciam amanhã a operação de evacuação e desmantelamento do campo de refugiados de Calais, na região próxima ao canal da Mancha, que se tornou o símbolo da resposta desigual do país à crise de imigração.

Hoje, o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, disse que o governo instruiu autoridades a começar a evacuação da parte sul do campo na sexta-feira.

A ideia é transferir até mil imigrantes a abrigos em Calais e outras partes da França. Grupos de direitos humanos, no entanto, dizem que mais de 3 mil refugiados podem ser afetados.

Cazeneuve minimizou as tensões que podem surgir com a ação, dizendo que as autoridades irão oferecer um lugar melhor para os que quiserem deixa a área.

"O plano nunca foi retirar à força os migrantes", disse.

A remoção do campo, uma cidade de escolas, restaurantes e templos montados em tendas, deve demorar meses.

A população do assentamento teve uma forte alta no ano passado, quando muitos imigrantes, a maioria fugindo das guerras no Iraque e na Síria, chegaram à região na esperança de cruzar o canal rumo à Inglaterra.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também