França garante aos EUA 'solidariedade total' aos aliados

O presidente francês, Emmanuel Macron, pediu ao Irã que evite "qualquer escalada militar que possa agravar a instabilidade regional"

O presidente francês, Emmanuel Macron, garantiu neste domingo, 05, ao colega americano, Donald Trump, sua "solidariedade total aos aliados", e pediu ao Irã que evite "qualquer escalada militar que possa agravar a instabilidade regional".

"Frente ao aumento da tensão em Iraque e região", Macron expressou sua "preocupação com as atividades desestabilizadoras da força Al-Qods sob a autoridade do general Qasem Soleimani", morto na última sexta-feira, 03, pelos Estados Unidos, e "defendeu a necessidade de que o Irã as interrompa", segundo um comunicado do Eliseu.

O presidente francês ratificou "a determinação da França de trabalhar ao lado de seus parceiros regionais e internacionais para acalmar a tensão", e reiterou que, para ele, "a prioridade deve ser a continuidade da ação da Coalizão Internacional contra o Estado Islâmico, com pleno respeito à soberania do Iraque, para a sua segurança e a estabilidade regional".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.