Fila zerada: todos os navios no Canal de Suez já foram liberados hoje

Mais de 420 navios, carregados com 26 milhões de toneladas de mercadorias, haviam ficado bloqueados. Navio encalhado foi libertado na semana passada
Canal de Suez: cerca de 19 mil navios cruzaram o canal em 2020, uma média de 51 navios por dia (Tim Martin/Getty Images)
Canal de Suez: cerca de 19 mil navios cruzaram o canal em 2020, uma média de 51 navios por dia (Tim Martin/Getty Images)
Por AFPPublicado em 03/04/2021 12:40 | Última atualização em 03/04/2021 12:40Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Todos os "navios em espera" desde que o "Ever Given", um enorme navio cargueiro, encalhou no Canal de Suez em 23 de março já deixaram esta via navegável estratégica, anunciou neste sábado, 3, a Autoridade do Canal de Suez (SCA, na sigla em inglês).

"O almirante Osama Rabie, presidente da SCA, anunciou neste sábado que todos os navios em espera (...) cruzaram" o estreito de Suez, de acordo com um comunicado da autoridade.

O Ever Given, com mais de 400 metros de comprimento, foi desencalhado em 29 de março após uma longa e complexa operação.

O navio de bandeira panamenha, operado pelo armador taiwanês Evergreen Marine Corporation, foi então rebocado para o Grande Lago Amargo, no meio do Canal de Suez. Naquela mesma noite, o tráfego foi retomado entre o Mar Vermelho e o Mediterrâneo.

O incidente, incomum no comércio marítimo, paralisou o tráfego por uma semana. Um total de 422 navios, carregados com 26 milhões de toneladas de mercadorias, permaneceram bloqueados, segundo a SCA.

Os 61 últimos que aguardavam a vez para cruzar o canal o fizeram nas últimas horas, além de "outros 24 novos navios", segundo o comunicado.

Cerca de 19 mil navios cruzaram o canal em 2020, segundo a SCA, ou seja, uma média de 51 navios por dia.