Mundo

Explosão em bairro residencial de Bogotá deixa pelo menos 4 mortos

Oito pessoas estão feridas após a explosão em uma casa onde eram fabricados pavios de pólvora

Bogotá: mais de 30 bombeiros estão trabalhando no resgate das vítimas (Twitter/Reprodução)

Bogotá: mais de 30 bombeiros estão trabalhando no resgate das vítimas (Twitter/Reprodução)

E

EFE

Publicado em 10 de maio de 2019 às 17h59.

Bogotá - Uma forte explosão ocorrida nesta sexta-feira no bairro La Estrada, na zona oeste de Bogotá, matou pelo menos quatro pessoas e deixou outras oito feridas, segundo as autoridades locais.

"Encontramos quatro pessoas mortas por causa deste incidente e temos oito pessoas feridas que já foram avaliadas e estão fora de perigo", disse a jornalistas o comandante dos Bombeiros de Bogotá, Pedro Manosalva.

O caso aconteceu às 12h30 (horário local, 14h30 de Brasília) em uma casa onde, aparentemente, eram fabricados pavios de pólvora para a prática do tejo.

O tejo é um tradicional jogo colombiano que consiste em detonar pavios de pólvora com um disco metálico lançado à distância e foi declarado em 2018 como patrimônio cultural e imaterial do país.

Manosalva ressaltou que ainda há "dois possíveis riscos" após a explosão, relacionados com "materiais perigosos", como pólvora negra e gás natural, e com uma "falha estrutural" no edifício.

A explosão ocorreu em uma área residencial e comercial, próxima ao Jardim Botânico de Bogotá, e afetou várias edificações próximas, entre elas um colégio e um jardim de infância, cujos alunos foram examinados e também estão fora de perigo.

"Moro no terceiro andar. Não sei o que aconteceu. Tinha acabado de chegar do trabalho. No primeiro andar funciona uma venda de tejos e de pólvora. No segundo e terceiro há apartamentos. Felizmente, não aconteceu nada com meu filho ou minha esposa", disse Elkin Cipacón, um dos moradores.

Em imagens divulgadas pelas emissoras de televisão é possível ver a rua cheia de escombros, assim como um caminhão tombado pela força da explosão, que também causou impacto em uma ambulância que passava em frente ao imóvel nesse momento.

A situação de emergência está sedo atendida por 35 bombeiros, assim como por agentes da Defesa Civil e da polícia.

Especialistas do Corpo Técnico de Investigação (CTI) da Promotoria e da Seccional de Investigação Judicial da Polícia (SIJIN) farão as inspeções para estabelecer o que originou a explosão.

Acompanhe tudo sobre:BogotáColômbiaExplosõesMortes

Mais de Mundo

Milei se reunirá com Macron em viagem à França para abertura dos Jogos Olímpicos

'Tome chá de camomila', diz Maduro após Lula se preocupar com eleições na Venezuela

Maduro deve aceitar resultado das eleições se perder, diz ex-presidente argentino

Macron só vai nomear primeiro-ministro após Jogos Olímpicos

Mais na Exame