EXAME/IDEIA: Biden e Trump estão empatados em intenções de voto na Flórida

O candidato democrata tem 48% das intenções de voto, enquanto o republicano, 47%. Com margem de erro de 3,5% para mais ou menos, há empate técnico

Peça importante e decisiva na eleição presidencial dos Estados Unidos, as intenções de voto na Flórida registram um empate técnico entre os dois candidatos à Casa Branca. O democrata Joe Biden tem 48% das intenções de voto no estado e o republicano Donald Trump, 47%. Os indecisos somam 5%. Como a margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, não há como afirmar quem está na frente. 

Os dados são da segunda pesquisa exclusiva EXAME/IDEIA, projeto que une Exame Research, braço de análise de investimentos da EXAME, e o IDEIA, instituto de pesquisa especializado em opinião pública. A cada quinze dias, EXAME/IDEIA traz pesquisas de opinião com foco no cenário político brasileiro. O projeto também faz levantamentos regulares para acompanhar a reta final das eleições americanas.

A primeira pesquisa mostrou que no âmbito nacional, Biden leva vantagem (52% a 44%) em relação a Trump. Para esta rodada de pesquisa, foram entrevistados 1.150 eleitores do estado nos dias 7 e 8 de setembro.

Na avaliação da gestão de Trump à frente da Casa Branca, 51% dos cidadão da Flórida desaprovam a administração e 45% aprovam, 4% têm uma opinião neutra ou não responderam. 

Apesar do voto popular, o que decide a eleição nos Estados Unidos é o Colégio Eleitoral. Para eleger um presidente, são necessários 270 votos e a Flórida é responsável por 29 votos, ou seja, mais de 10% do total. Desde o pleito do ano 2000, nenhum candidato teve grande vantagem junto ao eleitorado no estado, o que levou até a recontagem de votos, na primeira eleição de George W. Bush, contra Al Gore.

“A Flórida é um estado muito importante. O Barack Obama ganhou apertado, o Trump na primeira eleição ganhou apertado. Tudo pode acontecer ali. Na região sul, o Biden ganha [51% a 44%], no norte, quem ganha é o Trump [49% a 47%]. Na região central há um empate [49% Biden, 48% Trump] e é ali que vai decidir”, avalia Maurício Moura, fundador do IDEIA e professor da George Washington University na área de políticas públicas.

A pesquisa ainda mostra que entre os latinos, a preferência é por Trump, com 48%, ante 43% de Biden. Trump também vence na população branca, com 50% das intenções de voto, contra 44%. A única população que o democrata tem vantagem é a negra, com 78%, ante 17% para Trump.

“Mas os negros não são maioria no estado, eles representam apenas 12% do eleitorado. E dentro desta população, mais da metade é de mulheres”, explica Moura.

Para o jornalista Sérgio Teixeira Junior, que de Nova York cobre as eleições americanas para EXAME, a escolha da vice de Biden, Kamala Harris, teve o principal objetivo de atrair justamente as mulheres e o eleitorado afro-americano. 

“É muito importante ter uma mulher negra ao lado dele, ainda mais neste momento de tensão racial. O partido vai fazer de tudo para colocar ela em primeiro plano. Além disso, ela tem um lado mais jovial, que chama os eleitores até 29 anos”, avalia jornalista que acompanha as eleições americanas. 

Na Flórida, 61% dos jovens – entre 18 e 29 anos – pretendem votar em Biden, e somente 33% preferem Trump. Na faixa etária que vai de 30 a 49 anos, a situação muda, mas ainda tem o democrata na frente (49% a 41%). Trump vence entre no eleitorado de 50 a 64 anos (51% a 45%) e no de mais de 65 anos (55% a 42%).

Os dados da pesquisa e outros temas estão no novo episódio do podcast EXAME POLÍTICA – temporada Eleições Americanas, que traz a análise dos principais fatos que envolvem a disputa pela Casa Branca.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.