Ex-presidente da Bolívia Evo Morales é diagnosticado com coronavírus

Segundo informou seu gabinete, ele está "estável e recebendo cuidados médicos"

O ex-presidente da Bolívia Evo Morales, de 61 anos, foi diagnosticado com o novo coronavírus. Segundo informou seu gabinete, ele está "estável e recebendo cuidados médicos", embora não tenham sido divulgados mais detalhes sobre o estado de saúde.

Após renunciar ao cargo em 2019, Morales morou na Argentina até o final do ano passado, quando voltou a Bolívia depois que seu aliado Luis Arce foi eleito presidente. Desde então, o ex-líder passou a cumprir uma agenda de encontros com apoiadores, apesar da pandemia.

O país, que enfrenta uma segunda onda da covid-19, acumula um total de mais de 175.280 casos e 9.410 mortes pela doença.

Sociedades de médicos e outros grupos profissionais tem exigido desde o fim de semana passado aos governos nacional, estadual e municipal o retorno de uma quarentena mais rígida, como principal arma para frear a pandemia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.