EUA manterão "relação especial" com Reino Unido, diz Biden

Biden reconheceu que tanto ele mesmo como o presidente americano, Barack Obama, acreditavam que Londres permaneceria no bloco comunitário

Dublin - O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta sexta-feira que a "relação especial" que seu país mantém com o Reino Unido não mudará, apesar de sua saída da União Europeia (UE) após o referendo da quinta-feira.

Biden fez estas declarações em Dublin durante uma visita à República da Irlanda, onde reconheceu que tanto ele mesmo como o presidente americano, Barack Obama, acreditavam que Londres permaneceria no bloco comunitário.

No entanto, Biden reiterou que respeita a decisão tomada pela maioria do eleitorado britânico, que apoiou "brexit" com 52% dos votos, contra 48% que optou por manter os laços com Bruxelas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.