Mundo

EUA: Furacão Ian deixa ao menos 30 mortos e se direciona para Carolina do Sul

A poderosa tempestade, estimada como um dos furacões mais desastrosos a atingir os Estados Unidos, aterrorizou as pessoas durante grande parte da semana

Por Estadão Conteúdo
Publicado em 01/10/2022 11:50
Última atualização em 01/10/2022 11:50

Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O furacão Ian, que já deixou pelo menos 30 pessoas mortas, sendo 27 na Flórida, atingiu ontem a costa da Carolina do Sul, destruindo cais e inundando ruas. A poderosa tempestade, estimada como um dos furacões mais desastrosos a atingir os Estados Unidos, aterrorizou as pessoas durante grande parte da semana - atingindo o oeste de Cuba e varrendo a Flórida antes de ganhar força nas águas quentes do Oceano Atlântico para voltar e atacar Carolina do Sul.

O furacão Ian desembarcou perto de Georgetown, na Carolina do Sul, com ventos muito mais fracos do que quando cruzou a costa do Golfo da Flórida no início da semana, mas deixou muitas áreas do centro da península de Charleston debaixo d'água. Também arrastou partes de quatro píeres ao longo da costa.

A tempestade deixou uma ampla faixa de destruição na Flórida, inundando áreas em ambas as costas, arrancando casas de suas lajes, demolindo negócios à beira-mar e deixando mais de 2 milhões de pessoas sem energia. Moradores atravessavam a água na altura do joelho nesta sexta-feira, recuperando os bens de suas casas inundadas e carregando-os em jangadas e canoas.


Veja Também