Mundo
Acompanhe:

EUA e Taiwan reafirmam interesse de avanço no comércio, em negociações bilaterais

O comunicado do governo americano ressalta que as negociações comerciais "estão sendo conduzidas de acordo com a política de uma China dos Estados Unidos"

EUA-Taiwan: a declaração é dada após negociações in loco em Taipé, entre os dias 14 e 17 (MANDY CHENG/AFP/Getty Images)

EUA-Taiwan: a declaração é dada após negociações in loco em Taipé, entre os dias 14 e 17 (MANDY CHENG/AFP/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

17 de janeiro de 2023, 15h37

Os Estados Unidos e Taiwan continuam a negociar questões comerciais e trocaram textos sobre facilitação de comércio, combate à corrupção, apoio a pequenas empresas e práticas regulatórias, segundo comunicado publicado hoje pelo Representante de Comércio dos EUA (USTR, na sigla em inglês). A declaração é dada após negociações in loco em Taipé, entre os dias 14 e 17, informa o texto.

Durante os quatro dias de diálogo, as duas partes trocaram visões sobre textos propostos para cobrir temas como facilitação ao comércio, combate à corrupção, pequenas e médias empresas, boas práticas regulatórias e a regulação doméstica de serviços. Também houve consenso em uma série de áreas e um compromisso para se manter o "cronograma ambicioso de negociações nos próximos meses".

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia.

O comunicado do governo americano ressalta que as negociações comerciais "estão sendo conduzidas de acordo com a política de uma China dos Estados Unidos".

LEIA TAMBÉM:

Greta Thunberg é presa na Alemanha; veja vídeo

Presidente do Vietnã renuncia após denúncia de seu próprio partido