Mundo

EUA convocam reunião especial da ONU sobre acordo nuclear com o Irã

O país persa ameaçou enriquecer seu urânio acima do nível previsto no acordo nuclear internacional como resposta às pesadas sanções impostas pelos EUA

Presidente do Irã, Hassan Rouhan (Official President website/Handout/Reuters)

Presidente do Irã, Hassan Rouhan (Official President website/Handout/Reuters)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 5 de julho de 2019 às 17h58.

Washington — A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), braço nuclear das Organização das Nações Unidas (ONU), deve se reunir no dia 10 de julho a pedido dos Estados Unidos para discutir um posicionamento sobre o Irã, que anunciou na segunda-feira ter ultrapassado os limites de urânio enriquecido estabelecidos pelo acordo nuclear internacional de 2015.

O Irã ameaçou, ainda, enriquecer seu urânio acima do nível de pureza de 3,67% previsto no acordo nuclear internacional. O país persa justifica as medidas como resposta às pesadas sanções impostas pelos EUA.

No início da semana, autoridades diplomáticas de várias nações europeias alertaram o Irã sobre a possibilidade de abrir um procedimento de disputa, que pode levar à reinstauração de sanções previamente suspensas pelo acordo nuclear sobre o país.

Acompanhe tudo sobre:AIEAEstados Unidos (EUA)Irã - PaísUrânio

Mais de Mundo

Jordan Bardella, líder da extrema direita francesa, culpa Macron por derrota nas legislativas

França: pesquisas indicam reviravolta e vitória da esquerda nas eleições legislativas

Avião da Delta faz pouso de emergência nos EUA depois de servir comida mofada

Biden retoma campanha sob pressão cada vez maior

Mais na Exame