EUA bombardeia instalações de milícias apoiadas pelo Irã na Síria

O porta-voz do Pentágono disse que o ataque destruiu várias instalações usadas por grupos militantes apoiados pelo Irã

Os Estados Unidos bombardearam um conjunto de instalações na Síria, na região da fronteira entre o país e o Iraque, nesta sexta-feira, 26. Segundo o Pentágono, os ataques miravam locais usados por milícias apoiadas pelo Irã que operam na região. Não há detalhes sobre mortos ou feridos na ação.

O porta-voz do Pentágono, John Kirby, disse que o ataque destruiu várias instalações em um ponto de controle de fronteira usado por grupos militantes apoiados pelo Irã. Essa foi a primeira operação do tipo realizada pelo governo do presidente Joe Biden.

Segundo o Pentágono, a ação serviu como retaliação por um ataque com foguete que matou um civil e feriu um militar norte-americano no dia 15 de fevereiro, no norte do Iraque. "Estamos confiantes de que esse alvo estava sendo usado pelos mesmos militantes xiitas que conduziram os ataques", disse o secretário da Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin.

 

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?
 

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.