EUA ainda não notificaram afetados por vazamento de dados

O governo dos EUA ainda não notificou nenhum dos 21,5 milhões de funcionários e terceirizados federais cujos dados de segurança foram hackeados há meses

Washington - O governo dos Estados Unidos ainda não notificou nenhum dos 21,5 milhões de funcionários e terceirizados federais cujos dados de segurança foram hackeados há mais de três meses, afirmaram autoridades nesta terça-feira.

A agência cujos dados foram hackeados, o Escritório de Gestão de Pessoal (OPM, na sigla em inglês), disse que o Departamento de Defesa começará "no fim deste mês" a notificar os funcionários e prestadores de serviços em todo o governo que foram alvos do vazamento de informações pessoais.

O OPM afirmou que as notificações continuarão ao longo de várias semanas e "serão enviadas diretamente aos indivíduos afetados".

O escritório também anunciou que contratou uma empresa terceirizada para ajudar a proteger as identidades e as avaliações de crédito dos funcionários cujos dados foram hackeados.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.