Esplanada das Mesquitas terá reconhecimento facial

A polícia israelense instalará mecanismos de reconhecimento facial para tentar reduzir violência na Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém

Jerusalém - A polícia israelense informou nesta quinta-feira que instalará mecanismos eletrônicos de reconhecimento facial nos acessos à Esplanada das Mesquitas de Jerusalém, como parte das medidas para reduzir a violência nesse local sagrado.

A tarefa será feira por um sistema eletrônico que rastreia rostos entre a multidão para alertar de possíveis arruaceiros ou suspeitos, que terão a entrada negada na mesquita, explicou o joranl "Haaretz".

O projeto, que custará 4 milhões de shekels (R$ 2.725.015), inclui também a instalação de detectores de metal, informou o ministro da Segurança Pública, Yitzhak Aharonovich, em declarações a esse diário. Ele explicou a outro meio de comunicação que os detectores de metal foram retirados no ano de 2000, mas serão reinstalados para a revista individual de pessoas. Para situações de grande aglomeração de pessoas a polícia recorrerá ao reconhecimento facial.

"Usaremos o equipamento quando for necessário. Qualquer suspeito será inspecionado. Aumentaremos a supervisão de pessoas que entram no complexo, tanto judeus quanto muçulmanos", afirmou o ministro em declarações ao canal de TV "Channel 1".

Os muçulmanos entram na esplanada, que os judeus denominam Monte do Templo, por vários acessos controlados pela polícia e por funcionários do Waqf Islâmico, e em geral não são inspecionados fisicamente.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.