Escócia prepara lei para plebiscito sobre independência

Enquanto a votação geral do plebiscito deu vitória ao Brexit por 52% a 48%, o placar na Escócia mostra resultado oposto: 62% de apoio à permanência na UE

Londres - Seis horas após o anúncio da vitória do voto pela saída do Reino Unido da União Europeia (UE), a primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, anunciou que começa a trabalhar na proposta de um novo plebiscito sobre a independência da Escócia do Reino Unido.

Com o argumento de que escoceses votaram majoritariamente a favor do grupo europeu, a líder regional disse que é "altamente provável" a realização de uma nova consulta nos moldes da votação feita em 2014.

Enquanto a votação geral do plebiscito deu vitória ao Brexit por 52% a 48%, o placar na Escócia mostra resultado oposto: 62% de apoio à permanência na UE contra 38% do Brexit.

Por isso, a primeira-ministra escocesa diz que um novo plebiscito sobre a independência dos demais britânicos é uma opção que "está sob a mesa".

"Eu estou determinada a fazer o que for necessário para garantir que essas aspirações sejam materializadas", disse.

Nicola Sturgeon classificou como "democraticamente inaceitável" a perspectiva de que a Escócia deixará a União Europeia contra o desejo de seus cidadãos.

Por isso, informou que o governo começa a preparar a legislação para um segundo plebiscito.

Em 2014, escoceses votaram "Não" à separação dos demais britânicos com vantagem de 55,3%.

A primeira-ministra disse muitos que votaram "Não" naquela ocasião podem reavaliar o voto diante das novas circunstâncias.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.