Erdogan expressa preocupações à Otan sobre candidaturas de Finlândia e Suécia

O governo turco diz que tem preocupações "legítimas" com a potencial entrada dos dois países na Otan
Otan: a Turquia diz que os governos dos dois países devem deixar claro que não apoiam "o terrorismo" (Huseyin Aldemir/Reuters)
Otan: a Turquia diz que os governos dos dois países devem deixar claro que não apoiam "o terrorismo" (Huseyin Aldemir/Reuters)
E
Estadão Conteúdo

Publicado em 03/06/2022 às 15:19.

Última atualização em 03/06/2022 às 16:03.

A Presidência da Turquia informou, em sua conta oficial no Twitter, que o presidente Recep Tayyip Erdogan conversou com o secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, sobre as candidaturas de Finlândia e Suécia ao grupo. O governo turco diz que tem preocupações "legítimas" com a potencial entrada dos dois países na Otan.

A Turquia diz que os governos dos dois países devem deixar claro que não apoiam "o terrorismo" os dois países abrigam separatistas curdos, considerados terroristas pela Turquia , retirar sanções contra a Turquia e se mostrar dispostos a demonstrar solidariedade dentro da aliança.

Segundo o governo turco, Stoltenberg "chamou a atenção para a necessidade de se satisfazer as expectativas da Turquia, uma importante aliada".

Apoiada por vários integrantes da Otan, como os Estados Unidos, a candidatura de Finlândia e Suécia enfrenta dificuldades para receber o aval da Turquia, que em princípio poderia vetar esse acesso.

LEIA TAMBÉM:

Após reunião, Biden diz que Otan ficará mais forte com Suécia e Finlândia

Otan acredita que impasse entre Turquia, Finlândia e Suécia terá solução