Mundo
Acompanhe:

Empresa da família Trump é condenada por fraude

A sentença, que ainda não foi anunciada, prevê pagamento de uma multa de até US$ 1,6 milhão (R$ 8,38 milhões)

Máscara de Donald Trump: empresa da família de ex-presidente é condenada por fraude (harlotte Observer/Tribune News Service/Getty Images)

Máscara de Donald Trump: empresa da família de ex-presidente é condenada por fraude (harlotte Observer/Tribune News Service/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 7 de dezembro de 2022, 07h47.

A empresa da família de Donald Trump foi considerada culpada ontem por fraude e evasão fiscal por um júri de Nova York. A decisão no caso movido pela promotoria distrital de Manhattan foi um repúdio às práticas financeiras nos negócios do ex-presidente, que pretende voltar à Casa Branca.

Um júri considerou duas entidades corporativas da Organização Trump culpadas em todas as 17 acusações, incluindo as de conspiração e falsificação de registros comerciais. No julgamento, a Organização Trump foi acusada de ser cúmplice de um esquema de altos executivos para evitar o pagamento de imposto de renda pessoal sobre regalias no trabalho, como apartamentos sem aluguel e carros de luxo.

Sentença

A sentença, que ainda não foi anunciada, prevê pagamento de uma multa de até US$ 1,6 milhão (R$ 8,38 milhões) - uma quantia relativamente pequena para uma empresa de seu tamanho. Trump, que recentemente anunciou que concorrerá à presidência, disse que o caso contra sua empresa faz parte de uma "caça às bruxas" motivada politicamente e travada contra ele por democratas vingativos.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.