Elon Musk reestabelece internet na Ucrânia via Starlink

Tecnologia fornece acesso à internet por meio de satélites; conexão foi comprometida pela ataque russo
Elon Musk (Bill Pugliano/Getty Images)
Elon Musk (Bill Pugliano/Getty Images)
R
Reuters

Publicado em 27/02/2022 às 09:18.

Última atualização em 27/02/2022 às 09:20.

O bilionário da SpaceX, Elon Musk, disse no sábado que o serviço de banda larga por satélite Starlink da empresa está disponível na Ucrânia e a SpaceX está enviando mais terminais para o país, cuja internet foi interrompida devido à invasão russa.

"O serviço Starlink agora está ativo na Ucrânia. Mais terminais a caminho", tuitou Musk.

Ele estava respondendo a um tweet de um funcionário do governo ucraniano que pediu a Musk que fornecesse ao país em apuros estações Starlink.

“@elonmusk, enquanto você tenta colonizar Marte – a Rússia tenta ocupar a Ucrânia! Enquanto seus foguetes pousam com sucesso do espaço - foguetes russos atacam civis ucranianos!" O vice-primeiro-ministro da Ucrânia, Mykhailo Fedorov, twittou.

A conexão com a Internet na Ucrânia foi afetada pela invasão russa, particularmente nas partes sul e leste do país, onde os combates foram mais intensos, disseram monitores de internet neste sábado.

Embora extremamente cara, a tecnologia de satélite pode fornecer internet para pessoas que vivem em áreas rurais ou de difícil acesso, onde cabos de fibra ótica e torres de celular não chegam. A tecnologia também pode ser uma barreira crítica quando furacões ou outros desastres naturais interrompem a comunicação.

Musk disse em 15 de janeiro que a SpaceX tinha 1.469 satélites Starlink ativos e 272 se movendo para órbitas operacionais em breve.