Elizabeth II renova compromisso com Reino Unido

A rainha não surpreendeu os parlamentares ao manifestar, mais uma vez, sua total entrega e compromisso com o destino do país

Londres - Como fez há exatos 60 anos, a rainha Elizabeth II se comprometeu nesta terça-feira diante de deputados e lordes a servir ao Reino Unido 'nos próximos anos' em um histórico ato realizado no Parlamento que esteve marcado pela emoção e pela solenidade.

Com toda a pompa que a ocasião merecia, a soberana, de 85 anos, se dirigiu às duas câmaras do Parlamento - dos Comuns e dos Lordes - reunidas na grande sala de Westminster, a mais antiga de um edifício com mais de 800 anos de história, por ocasião de seu Jubileu de Diamantes.

Recebida de pé pelos convidados e ao som das trombetas dos guardas reais, como manda a tradição, a rainha Elizabeth II não surpreendeu os parlamentares ao manifestar, mais uma vez, sua total entrega e compromisso com o destino do Reino Unido.

Em seu discurso, a rainha - acompanhada por seu marido, o duque de Edimburgo - destacou a 'resistência' e 'tolerância' que identificam o Reino Unido e ressaltou o vínculo entre Parlamento e Monarquia como pilares do sistema político do país.

'Estar aqui nos lembra nosso passado, a continuidade de nossa história nacional e as virtudes de resistência, engenhosidade e tolerância que a criaram', ressaltou a chefe de Estado, que usava um sóbrio vestido amarelo e chapéu da mesma cor.

Conhecida por seu senso de humor, Elizabeth II animou os convidados ao recordar que em suas seis décadas no trono despachou com 12 primeiros-ministros - o primeiro deles Winston Churchill - e assinou nada menos que 3,5 mil leis.

'Foi um privilégio ter sido testemunha de uma parte dessa história e, com o apoio da minha família, volto a dedicar meu serviço a nosso grande país e seu povo agora e nos próximos anos', disse a rainha, que recebeu aplausos entusiasmados de deputados, lordes, figuras do mundo eclesiástico e convidados especiais.


Além disso, assegurou que nestes 60 anos foi vital o apoio que recebeu de sua família, especialmente do duque de Edimburgo, a quem classificou como sua 'fortaleza' e seu 'guia'.

Elizabeth II também causou risadas nos convidados ao afirmar 'que não sou mais que a segunda soberana que celebra o Jubileu de Diamantes', depois da rainha Vitória.

Antes que a soberana pronunciasse seu breve discurso, os presidentes das duas câmaras, a Baronesa Frances D'Souza, pelos lordes, e John Bercow, pelos Comuns, lhe agradeceram pelos 60 anos de serviço que ajudaram a transformar o Reino Unido.

Em nome dos Comuns, a Câmara baixa representante da população britânica, Bercow agradeceu a Elizabeth II seus anos de 'estabilidade, segurança, certeza, sacrifício e serviço' que marcaram o país.

'Obrigado pelo que fez, pelo que está fazendo e pelo que fará pelo país', disse Bercow, com a tradicional toga que veste durante as sessões parlamentares.


Visivelmente emocionada, a chefe de Estado recebeu vários minutos de aplausos dos convidados, que cantaram o tradicional 'God Save The Queen' ('Deus Salve à Rainha'), o hino nacional britânico, no final do ato.

Durante a cerimônia, foi revelado um vitral criado a partir de 1,5 mil peças de cristal, com o escudo de armas da soberana e desenhado pelo artista britânico John Reyntiens, que os parlamentares deram de presente à rainha.

Além do primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, e do arcebispo de Canterbury, Rowan Williams, estavam presentes os ex-chefes de governo trabalhistas Tony Blair e Gordon Brown.

Esta não foi a primeira vez que a rainha pronuncia um discurso no salão de Westminster, pois já fez o mesmo quando completou 25 e 50 anos no trono, em 1977 e 2002, respectivamente, respeitando uma tradição que remonta ao século 16. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.