Drone militar dos EUA volta à Terra após 908 dias em órbita

A aeronave não tripulada X-37B, cujo primeiro voo ocorreu em 2010, passou, no total, mais de 10 anos no espaço
O drone tem nove metros de comprimento, uma envergadura de 4,5 metros e funciona a base de painéis solares (AFP/Divulgação)
O drone tem nove metros de comprimento, uma envergadura de 4,5 metros e funciona a base de painéis solares (AFP/Divulgação)
A
AFPPublicado em 13/11/2022 às 08:35.

Um drone espacial militar dos Estados Unidos aterrissou neste sábado (12) no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, depois de permanecer quase dois anos e meio em órbita, informou a Boeing em um comunicado.

A aeronave não tripulada X-37B, cujo primeiro voo ocorreu em 2010, passou, no total, mais de 10 anos no espaço, e voou mais de 1,3 bilhão de milhas durante seis missões, acrescenta a nota.

Assine a EXAME e fique por dentro das principais notícias que afetam o seu bolso. Tudo por menos de R$ 0,37/dia.

"Esta missão destaca o enfoque da Força Espacial na colaboração para a exploração espacial e a expansão do acesso de baixo custo ao espaço para nossos parceiros, dentro e fora do Departamento da Força Aérea", disse o general Chance Saltzman, chefe de operações espaciais.

Lançado em sigilo, o X-37B foi desenvolvido para a Força Aérea pela United Launch Alliance, uma 'joint venture' entre a Boeing e a Lockheed Martin.

O drone tem nove metros de comprimento, uma envergadura de 4,5 metros e funciona a base de painéis solares.

Esta última missão teve como objetivo testar a reação de certos materiais no espaço, avaliar a forma em que a radiação no espaço afeta uma série de sementes e transformar a radiação solar em energia radioelétrica, segundo o exército americano.

LEIA TAMBÉM: