Disputa entre facções no Iêmen deixa mais de 165 pessoas mortas

Conflito foi entre coalizão liderada por sauditas e rebeldes xiitas; a guerra civil do Iêmen tem sido travada desde março de 2015

Saná, Iêmen - Autoridades iemenitas dizem que a disputa entre uma coalizão liderada por sauditas e rebeldes xiitas, ao longo da costa oeste do país, matou mais de 165 pessoas de ambos os lados.

As autoridades afirmaram neste sábado que o combate se concentrou nos últimos dois dias no distrito de al-Tuhyta, ao sul da cidade de Hodeida.

O conflito ocorre em meio aos esforços do enviado especial da ONU para levar a coalizão e os rebeldes alinhados ao Irã, conhecidos como Houthis, a reiniciar as negociações de paz.

No domingo, a coalizão disse ter interrompido sua campanha para retomar Hodeida em apoio aos esforços das Nações Unidas, pedindo a seus integrantes a "retirada incondicional" da cidade.

As autoridades falaram sob condição de anonimato porque não estavam autorizados a passar informações à imprensa. A guerra civil do Iêmen tem sido travada desde março de 2015. Fonte: Associated Press.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.