Acompanhe:

Dilma critica 'Estado omisso' e defende 'Estado indutor'

Brasília - A ministra e pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, aproveitou o lançamento da segunda edição do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2) para criticar o que chamou de "Estado omisso" do modelo anterior e defender o "Estado indutor" do governo Lula. "É gracas a esse novo modelo de Estado que podemos dizer... […]

Modo escuro

Continua após a publicidade
EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

A
Alexandre Caverni

Publicado em 10 de outubro de 2010 às, 03h36.

Brasília - A ministra e pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, aproveitou o lançamento da segunda edição do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2) para criticar o que chamou de "Estado omisso" do modelo anterior e defender o "Estado indutor" do governo Lula.

"É gracas a esse novo modelo de Estado que podemos dizer... planejamento, investimento e desenvolvimento com inclusão social", disse Dilma em sua apresentação nesta segunda-feira.

"Deixamos para trás décadas e décadas de paralisação... o país voltou a ter rumos."

Últimas Notícias

Ver mais
Aliados de Nunes dizem que filiação de Aldo Rebelo ao MDB dificulta sua indicação para vice
Brasil

Aliados de Nunes dizem que filiação de Aldo Rebelo ao MDB dificulta sua indicação para vice

Há um dia

Aldo Rebelo troca PDT por MDB e mira vice de Ricardo Nunes
Brasil

Aldo Rebelo troca PDT por MDB e mira vice de Ricardo Nunes

Há um dia

A seis meses das eleições, Lula quer liberação de recursos a prefeituras para obras
Brasil

A seis meses das eleições, Lula quer liberação de recursos a prefeituras para obras

Há um dia

Do PT de Lula ao PSL de Bolsonaro: veja todos os partidos pelos quais Datena passou antes do PSDB
Brasil

Do PT de Lula ao PSL de Bolsonaro: veja todos os partidos pelos quais Datena passou antes do PSDB

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais