Despesa dos consumidores nos EUA sobe 0,4% em abril

O aumento, o menor em três meses, decepcionou analistas que previam crescimento de 0,5%

Washington - A despesa dos consumidores, que nos Estados Unidos equivale a mais de dois terços da atividade econômica, cresceu em abril 0,4%, o menor aumento em três meses, informou nesta sexta-feira o Departamento de Comércio.

No mês passado a despesa dos consumidores havia crescido 0,4% e a maioria dos analistas previa aumento de 0,5% para abril.

A receita pessoal subiu em abril 0,4%, o esperado pelos analistas. Os salários subiram em abril 0,4%, após aumento de 0,3% do mês anterior.

O relatório mostra que a receita disponível, isto é o dinheiro que resta aos consumidores depois do pagamento de impostos, se manteve quase inalterado pelo segundo mês consecutivo, e a taxa de economia ficou em 4,9%, igual a de março, que foi a mais baixa desde outubro de 2008.

O relatório desta sexta-feira também mostra uma aceleração da inflação: o índice de preços em despesas de consumo pessoal subiu 2,2% desde abril do ano passado, o maior aumento em um ano.

Excluídos desse índice os preços de alimentos e combustíveis, e se medida a inflação do Federal Reserve (Fed, banco central americano), os preços subiram 1% nos últimos 12 meses.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.