Deputados haitianos aprovam moção de censura contra primeiro-ministro

Em meio à crise que atinge o país, os deputados haitianos aprovaram a moção de censura contra Jean Henry Ceant, que está no cargo há seis meses

Porto Príncipe — A Câmara dos Deputados do Haiti aprovou nesta segunda-feira uma moção de censura contra o primeiro-ministro, Jean Henry Ceant, em uma sessão à qual o interpelado não compareceu e que ocorre em meio à crise política e econômica que assola o país.

A moção contra Ceant, no cargo há seis meses após a renúncia de Jack Guy Lafontant, contou com o voto favorável de 93 deputados, enquanto seis votaram contra e três se abstiveram.

Os deputados convocaram Ceant para interpelá-lo pela falta de resposta à crise no país, mas o até agora primeiro-ministro disse que compareceria a um processo similar no Senado pela detenção no último dia 17 de fevereiro de sete estrangeiros, que foram tirados do país quatro dias depois em circunstâncias ainda não esclarecidas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.