Mundo

Covid-19: Ministro da Saúde britânico pede desculpas por tuíte 'infeliz'

Uma semana depois de anunciar que contraiu o vírus, Sajid Javid escreveu no Twitter no sábado que estava "completamente curado"

Ministro da Saúde britânico Sajid Javid. (AFP/AFP)

Ministro da Saúde britânico Sajid Javid. (AFP/AFP)

A

AFP

Publicado em 25 de julho de 2021 às 12h29.

O ministro da Saúde britânico, Sajid Javid, se desculpou neste domingo (25) após sugerir que o país não deveria "se acovardar" diante do coronavírus, em um tuíte que gerou indignação.

Uma semana depois de anunciar que contraiu o vírus, Sajid Javid escreveu no Twitter no sábado que estava "completamente curado".

Seus sintomas foram "muito leves, graças às incríveis vacinas", acrescentou o ministro, que havia recebido duas doses.

"Por favor, se ainda não o fez, vacine-se, pois aprendemos a conviver com esse vírus, ao invés de nos acovardarmos", acrescentou.

Este comentário provocou reações de associações de vítimas e deputados, especialmente da oposição, que o consideram um insulto aos mais vulneráveis e aos sacrifícios da população durante os três confinamentos.

O Reino Unido, com 129.000 mortes, é um dos países mais afetados na Europa pela covid-19.

Javid deletou o tuíte polêmico e em uma nova mensagem reconheceu uma "escolha infeliz" em suas palavras e apresentou um pedido de desculpas "sincero".

"Como muitos, perdi entes queridos para este vírus terrível e nunca minimizaria seu impacto", disse ele.

Acompanhe tudo sobre:CoronavírusInglaterraPolêmicasTwitter

Mais de Mundo

Campanha de Biden ignora críticas e afirma que ele voltará à estrada em breve

Jovens da Venezuela se preparam para sua primeira eleição

Trump retoma campanha contra um Biden enfraquecido

Programa espacial soviético colecionou pioneirismos e heróis e foi abalado por disputas internas

Mais na Exame