Mundo

Congressista pede desculpas por comparar Obama a Hitler

No comentário feito em sua conta de Twitter, deputado que representa o Texas havia escrito que "Hitler achava que era mais importante ir à Paris que Obama"


	Barack Obama: deputado Randy Weber afirmou que apenas queria criticar a falta de iniciativa de Obama
 (Jim Watson/AFP)

Barack Obama: deputado Randy Weber afirmou que apenas queria criticar a falta de iniciativa de Obama (Jim Watson/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 13 de janeiro de 2015 às 17h45.

Washington - O deputado republicano Randy Weber pediu desculpas por um comentário feito em sua conta de Twitter na noite da segunda-feira, quando criticou o presidente Barack Obama por não ir à Paris para as manifestações deste final de semana.

Em um comunicado, Weber escreveu: "não era minha intenção trivializar o Holocausto ou comparar o presidente a Adolf Hitler."

No comentário feito em sua conta de Twitter, o deputado que representa o Texas havia escrito que "Hitler achava que era mais importante ir à Paris que Obama", referindo-se à visita do líder alemão à cidade conquistada durante a Segunda Guerra Mundial.

Weber pediu desculpas a todos que ele ofendeu, afirmando que apenas queria criticar a falta de iniciativa de Obama.

Fonte: Associated Press.

Acompanhe tudo sobre:Barack ObamaDiplomaciaEmpresasEmpresas americanasEmpresas de internetInternetPersonalidadesPolíticosRedes sociaisTwitter

Mais de Mundo

Eleições nos EUA: vice de Trump, Vance promete recuperar indústria em estados cruciais na disputa

Solto da prisão de manhã, Peter Navarro é ovacionado na convenção republicana à noite

Biden tem grandes chances de desistir no fim de semana, dizem democratas em Washington

Fotos de ataque a Trump são usadas para vender bíblias e camisetas na Convenção Republicana

Mais na Exame