Mundo

Compras 'duty free' dos chineses duplicaram em 2010

Por outro lado, as vendas de produtos sem impostos realizadas pelos turistas brasileiros aumentaram 48%

Este é o primeiro ano em que os viajantes da China lideram as compras 'duty free' (Pablo Porciuncula/AFP)

Este é o primeiro ano em que os viajantes da China lideram as compras 'duty free' (Pablo Porciuncula/AFP)

DR

Da Redação

Publicado em 19 de julho de 2011 às 10h01.

Última atualização em 17 de setembro de 2020 às 18h53.

Paris - As compras de produtos sem impostos realizadas pelos viajantes chineses praticamente se duplicaram em 2010 (+95%), alcançando os 1,3 bilhão de euros, indicou nesta terça-feira o Global Blue, líder mundial dos serviços de 'duty free'.

Da mesma forma, as vendas 'duty free' aumentaram 48% para os turistas brasileiros.

Este é o primeiro ano em que os viajantes procedentes da China lideram as compras de produtos isentos de impostos, ficando à frente dos russos, japoneses, americanos e indonésios.

Em número de transações, a França lidera a lista de vendas sem impostos (19%), na frente da Grã-Bretanha (15%), Itália (15%), Cingapura (12%) e Alemanha (12%).

Somente na França, os chineses gastaram 298,9 milhões de euros neste tipo de produtos, o que implica uma alta de 92%, seguidos pelos russos, que desembolsaram 143,4 milhões de euros (+29%).

Acompanhe tudo sobre:ÁsiaChinaComércioComércio exteriorDuty FreeImpostosLeãoTurismoVarejo

Mais de Mundo

'A defesa da democracia é mais importante do que qualquer título', diz Biden em discurso

Governo Lula se diz irritado com falas de Maduro, mas evita responder declarações

Netanyahu discursa no Congresso americano sob protestos de rua e boicote de dezenas de democratas

Em discurso a irmandade negra, Kamala pede ajuda para registrar eleitores e mobilizar base a votar

Mais na Exame