Comércio mundial sofre 1ª queda desde setembro

A última queda verificada no comércio mundial foi de 0,6% em setembro de 2010

Londres – O volume de comércio mundial caiu em abril pela primeira vez desde setembro do ano passado, em uma nova indicação de que a economia global está se desacelerando. Números divulgados hoje pelo Escritório para Análise Política Econômica da Holanda, também conhecido como CPB, mostraram que os volumes comercializados diminuíram 2,5% em abril, na comparação com março. Em março havia sido registrada alta de 1,1% ante fevereiro. A última queda verificada no comércio mundial, em setembro de 2010, foi de 0,6%.

Segundo o CPB, o declínio foi disseminado. “A maior parte das regiões registrou menor volume de importação ou de exportação ou ambos”, disse o CPB. No entanto, as quedas foram maiores entre as economias em desenvolvimento, particularmente as da África, Oriente Médio e Ásia.

O CPB informou que as importações asiáticas caíram 5,9% em abril ante março, enquanto as importações para a África e o Oriente Médio recuaram 6,4%. As exportações asiáticas diminuíram 3,9%, enquanto as da África e do Oriente Médio caíram 4,6%. Por outro lado, as exportações dos Estados Unidos cresceram 0,7% e as da zona do euro aumentaram 0,1%.

Os fluxos de comércio mundial despencaram nos últimos meses de 2008 e nos primeiros meses de 2009, registrando a maior queda desde a Grande Depressão nos EUA. A recuperação dos fluxos comerciais começou no segundo trimestre de 2009 e os volumes vêm aumentando de forma mais ou menos firme desde então. As informações são da Dow Jones.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.